2 de fevereiro de 2011

Softwares para máquinas virtuais

Aproveitando que o assunto tem sido bastante explorado em minhas aulas e palestras, darei uma visão geral sobre os softwares de virtualização mais conhecidos e usados, disponíveis no mercado.

Uma escolha sensata, aliás, é a grande primeira dúvida que surge quando se fala em virtualização: qual software, qual plataforma, qual host, qual guest escolher. Talvez para ajudar, mas na verdade para complicar mais, aí vai um resumo das ferramentas de virtualização para desktop com as quais já trabalhei ou trabalho.

VMware Workstation
Com certeza, um dos melhores softwares para máquinas virtuais tanto usando Windows quanto Linux como host. Ele é pago, mas está disponível como trial por 30 dias.

O que costumo fazer é usar o tempo de trial para criar a máquina virtual, instalar o S.O. virtual e depois usar o VMware Player, que já vem com ele, para continuar usando esta máquina virtual gratuitamente. O problema do VMware Player é que ele é "só um player", ou seja, só permite usar a máquina virtual já pronta, não deixando modificá-la ou criar uma nova.

Por ser muito fácil de instalar e usar, além de poderoso, é altamente recomendado. Gostei tanto dele que resolví comprar uma licença para usar em meu PC e ainda não me arrependí!
VMware Server
É um pouco mais complicado de instalar porque depende do servidor web instalado no sistema hospedeiro e a configuração é feita via navegador web, como se estivesse em um site. Também tem um desempenho gráfico inferior ao VMware Workstation, mas nada desanimador.

As grandes vantagens são: ser totalmente gratuito, inclusive para uso comercial e rodar muito bem sobre hosts Linux.
Oracle VirtualBox
Já foi meu preferido no passado e voltei a usá-lo intensamente durante minhas aulas. É ótimo para fazer testes pois é pequeno e muito fácil de instalar. Seu problema era a dificuldade de configuração de alguns rescursos de rede mais avançados, mas isso melhorou bastante nas versões atuais que competem de igual para igual com o VMware.

Tem uma excelente versão gratuita para uso não comercial, justamente a que uso para fins de estudo e testes (Sandbox), rodando muito bem no Windows. Além disso, é o único que tem interface em português, apesar de eu achar que o idioma inglês não pode ser uma limitação para quem precisa estar por dentro da T.I. hoje.

Por usar o VirtualBox em ambiente de aprendizagem, farei uma sequencia de posts relacionados a este aplicativo, que você pode ver aqui.
Microsoft Virtual PC
Já usei algumas vezes e com certeza, é muito fácil de instalar e configurar. Desenvolvido pela Microsoft, é especialmente desenhado para rodar no Windows, tanto como hospedeiro (host) quanto como virtual (guest). Nem perca tempo tentando rodar Linux nele. Apesar de rodar, fica muito ruinzinho!

É bem limitado em termos de desempenho e configurações se comparado aos anteriores, o que pode ser uma desvantagem ou vantagem, dependendo do ponto de vista e da aplicação.

Pequeno, leve, gratuito e totalmente compatível com Windows. A Microsoft ainda disponibiliza diversas imagens de teste prontas para ele.
Microsoft Virtual Server
Versão VM da Microsoft para servidores. Usei muito pouco porque é destinado para rodar em Windows Server. Não sei se roda em XP/Vista/7 muito bem.

É totalmente gratuito, inclusive para uso comercial.
Claro que não é só isso: existem diversos outros aplicativos de virtualização no mercado e a variação de dificuldade, recursos, custo e desempenho entre eles é bem grande. A dica é sempre trabalhar com as versões mais recentes, que exploram melhor os recursos de hardware e software dos sistemas computacionais atuais.

Os aplicativos citados acima são recomendados para instalação em desktops, seja para produção, seja para estudos ou mesmo por curiosidade. Indo mais além temos diversas aplicações de cunho coporativo, principalmente voltadas para servidores, cloud computing e por aí vai, mas isso já é assunto para outros posts.
Links:
E você, tem alguma recomendação de VM? Comente!

Esta é uma edição revisada, ampliada e atualizada. A versão anterior não está mais disponível na Internet.

0 comentários neste post

Postar um comentário

Atenção comentarista!
  • Todos os comentários serão rigidamente moderados;
  • Identifique-se! Comentários anônimos não são recomendados;
  • Comentários com três ou mais links serão removidos;
  • Comentários escritos em miguxês ou excesso de gírias serão removidos;
  • Comentários escritos com predominância de maiúsculas serão removidos;
  • Por favor, prove que você é coerente, educado e bem informado: conheça o restante do site, saiba quem somos, sobre o que, para quem e como escrevemos antes de comentar futilidades;
  • Respeite as opiniões dos autores e dos outros comentaristas. Seja breve e sem ofensas;
  • Escreva comentários relevantes e que contribuam de alguma forma para o bem da humanidade;
  • Não seja um inútil social. Lembre-se que o mundo não gira ao seu redor.