17 de dezembro de 2009

Disco virtual no Gmail com Firefox

GStoreComo sabemos, depois do motor de buscas, que muitos juram que pertence ao Orkut , o Gmail é a aplicação web mais usada do Google com seus 7,5 GiB de espaço para armazenamento de SPAM, correntes e PowerPoint enviados pelos "amigos" dos amigos dos amigos...

Porque não tornar este espaço mais produtivo? Profissionais de T.I. são sempre obrigados a carregar bugigangas para armazenamento de aplicativos, bibliotecas de códigos, drivers raros, patches e diversos outros arquivos que, na maioria dos casos, não passam de alguns megabytes.

Triste é quando você esqueceu a mídia no cliente anterior e precisa muito dela agora, ou quando descobre que acabou de contaminar todos os seus arquivos no flash drive com um vírus assustador e precisa dar manutenção no notebook de um advogado...

Para isso e muito mais que existem os discos virtuais, espaços oferecidos na Internet onde podemos manter nossos arquivos online e à salvo. Existem serviços muito populares e de valores acessíveis como Rapidshare, 4shared entre muitos outros, e até gratuitos como o Skydrive da Microsoft.

O problema é que precisamos ficar lembrando logins e senhas e por vezes ficamos preocupados se não esquecemos de apagar os cookies de um ou outro serviço do micro do cliente. Para amenizar dou uma solução simples que uso faz tempo: armazenar na conta doGmail, a mesma que uso para receber e enviar e-mails desses mesmos clientes.


Acessando a extensão.
Inicialmente eu enviada os arquivos "na mão", anexando-os a um e-mail para mim mesmo, mas era um processo meio cansativo e difícil de gerenciar conforme o número de itens crescia, sem falar nas travas do Gmail que impedem o envio de determinados tipos de arquivos.

O Gmail Drive foi uma solução útil por bastante tempo. Ele cria um "drive virtual" no Windows Explorer, ligado a conta do Gmail, daí podemos gerenciar os arquivos em pastas. Mas depois que comecei a usar sistemas de 64 bits esse software parou de funcionar por causa dos drives registrados que a Microsoft impõe. Tive que voltar a gerenciar os arquivos "na mão".

Recentemente fui apresentado a uma extensão para Firefox que faz a mesma coisa. Ela permite manipular sua conta do Gmail como se fosse um servidor FTP, criando pastas, sub-pastas, enviando e recebendo arquivos, tudo sem interferir em suas mensagens de e-mail normais.

Uma vez instalado, o Gspace fica acessível no menu "Ferramentas" do Firefox e, ao ser iniciado, abre uma aba do navegador como um aplicativo de FTP. Configuramos ele para acessar nossa conta do Gmail e é só criar pastas e gerenciar seus arquivos lá.

Interface do Gspace.
Claro que a coisa tem limitações como o tamanho dos arquivos que podem ser enviados, afinal o Gmail não é um disco virtual. Mas se usada na medida certa pode ser uma boa ferramenta.

Uma dica: sua caixa de entrada pode ficar meio bagunçada à medida que os arquivos e pastas são criados. Para contornar isso, crie um filtro no Gmail que "Mova para" alguma pasta diferente as mensagens enviadas pelo Gspace.

Dúvidas? Nossos comentários e nosso fórum estão à disposição...

0 comentários neste post

Postar um comentário

Atenção comentarista!
  • Todos os comentários serão rigidamente moderados;
  • Identifique-se! Comentários anônimos não são recomendados;
  • Comentários com três ou mais links serão removidos;
  • Comentários escritos em miguxês ou excesso de gírias serão removidos;
  • Comentários escritos com predominância de maiúsculas serão removidos;
  • Por favor, prove que você é coerente, educado e bem informado: conheça o restante do site, saiba quem somos, sobre o que, para quem e como escrevemos antes de comentar futilidades;
  • Respeite as opiniões dos autores e dos outros comentaristas. Seja breve e sem ofensas;
  • Escreva comentários relevantes e que contribuam de alguma forma para o bem da humanidade;
  • Não seja um inútil social. Lembre-se que o mundo não gira ao seu redor.