1 de novembro de 2009

Finalmente estou usando o Atom

Estou cansado de ver gente que não entende nada mas vive criticando veementemente o produto fulano, o serviço sicrano ou o sistema beltrano só porque ouviu falar ou leu em um site qualquer que aquilo não presta. Já fui obrigado a aturar opositores ferrenhos do Windows Vista, por exemplo, com as mais absurdas conclusões, mas que nunca tinham colocado a mão no sistema para testar.

É um fenômeno biológico que os marketeiros exploram nos "virais", onde a primeira informação é assimilada pelo cérebro e mudar essa ideia inicial ativa uma barreira mental quase instransponível. Lembram do bloqueio mental de que tanto falo? :-P

De minha parte, em se tratando de tecnologia e principalmente quando envolve ganhar dinheiro 8-O , tento ser o mais racional e prático possível e justamente devido a isso tenho evitado comprar netbooks com processadores Atom nos últimos tempos.

Desde que ele foi disponibilizado para as grandes massas tenho testado diversos equipamentos comandados pela pequena CPU da Intel e comparado ele com outras soluções. O Atom sempre tem um desempenho inferior e apresenta uns gargalos que me incomodam um pouco.

Com a chegada dos chipsets Nvidia Ion até pensei que as coisas "iam" melhorar, afinal o gargalo poderia estar nos limitados chipsets da Intel. Mas tive a oportunidade de testar a plataforma e com exceção dos ganhos nos gráficos, as limitações continuam presentes. Além disso, por causa das "briguinhas" com a Intel, parece que a Nvidia desistirá do Ion...

Nvidia Ion: melhores gráficos para o Atom, mas continuidade duvidosa.
Mas recentemente surgiu a oportunidade e a necessidade de trocar meu velho Asus Eee PC 4G, que tem um Intel Celeron como base, por um novo netbook de tela maior e mais espaço em disco. Queria uma solução simples e barata (principalmente barata ;-) ), e não teve jeito senão iniciar no uso produtivo da plataforma Atom, até porque, é praticamente a única disponível no mercado a preços mais populares.

Continuarei com a Asus, com um Eee PC 1000H que tem recursos básicos e bem dentro do padrão desse nicho de mercado. Alias, os netbooks atuais são todos exageradamente parecidos com as diferenças entre os fabricantes se restringindo apenas ao design dos produtos. Este Asus me foi oferecido por um preço muito atraente e tem suporte, assistência técnica, teclado e sistema operacional localizados, daí a escolha.

No geral a ideia que tenho do Atom se confirma: quando tem outros programas abertos e abro o Firefox com muitas abas, por exemplo, ele apresenta engasgadas meio irritantes e o Avira que roda bem em outras plataformas também tem uns contratempos com o Atom.


Eee PC 1000H: barato, com tela grande, HD,
teclado e Windows em português.
Ainda não dei uma "otimizada" no sistema que vem de fábrica com muitos bloatwares, além do próprio Windows XP Home que precisa de umas aparas. Não gosto muito do Chrome, mas quem sabe ele se sai melhor, junto com o Microsoft Security Essentials que aparenta ser mais leve e mais seguro que o Avira, dizem. Talvez um pouco mais de memória RAM ajudariam, mas o limitado Atom só reconhece 1 GiB :-(

Mas mesmo sem essa geral as limitações são poucas e nada que um pouco de "costume" não resolva, afinal, trata-se de um netbook. Além disso, essa limitação no desempenho é compensada pelo tamanho da tela, pelo espaço em disco e pela durabilidade da bateria. Já estou com o netbook ligado, conectado à Internet via WiFi por duas horas seguidas e a bateria ainda está com 65% de carga, provavelmente por causa do aplicativo de controle de energia da Asus que acompanha o produto e se mostra bastante eficiente e as vezes até chato :-)

No mais, ficam as dicas para os que gostam "dar uma de sabichão". Sejam mais profissionais, testem, conversem, comentem, troquem informações, ouçam os dois lados, respeitem as opiniões dos outros e por favor, atualizem seus conceitos!

Não há vergonha nenhuma nisso...

0 comentários neste post

Postar um comentário

Atenção comentarista!
  • Todos os comentários serão rigidamente moderados;
  • Identifique-se! Comentários anônimos não são recomendados;
  • Comentários com três ou mais links serão removidos;
  • Comentários escritos em miguxês ou excesso de gírias serão removidos;
  • Comentários escritos com predominância de maiúsculas serão removidos;
  • Por favor, prove que você é coerente, educado e bem informado: conheça o restante do site, saiba quem somos, sobre o que, para quem e como escrevemos antes de comentar futilidades;
  • Respeite as opiniões dos autores e dos outros comentaristas. Seja breve e sem ofensas;
  • Escreva comentários relevantes e que contribuam de alguma forma para o bem da humanidade;
  • Não seja um inútil social. Lembre-se que o mundo não gira ao seu redor.