28 de novembro de 2009

Eu? No Orkut?

Eu? No Orkut?Estranho e até meio bizarro, mas é verdade! Até tentei algo menos popular e mais elegante que a dupla MSN/Orkut, mas...

O Google Talk está sempre aberto aqui, até mesmo enquanto estou jogando, coisa que não fazia quando usava MSN, mas ninguém aparece, ninguém mesmo! Dá um vazio pior do que "Capital Wasteland" depois de um feriado do dia seguinte a uma explosão nuclear... Fico até preocupado: "- Ué! Internet caiu?"

Tentei as bandas do Twitter: o serviço é excelente, fácil de usar, sem frescuras, leve, dinâmico, simples, eficiente e muito divertido. Criei até um serviço de divulgação de promoções, ofereci brindes e tentei sortear flash drives e jogos completos lá para ver se alguém aparecia, mas o povo não entende a "ideia por trás da ideia"! Porque só podemos digitar 240 caracteres? Com certeza, nunca contaram a média de caracteres que digitam em um e-mail, no MSN ou no Orkut! Resultado, vazio que nem saquinho de "minduim" perto do Luferat...

Facebook? Nem perderei tempo! Isso é coisa de gringo e gente famosa...

Eis então que as notícias falam de um "novo" Orkut, um Orkut bem melhor, mais bonito, fácil, prático, rápido, limpo... Para completar, um bom "orkutamaritano" me cede um convite para testar o novo formato do serviço.

Configura daqui, fuça dali e as mesmas carinhas de sempre estão lá, um monte de perfis de menininhas seminuas e garotões descamisados ronronando besteiras fúteis, digitando seus 198 caracteres (!), símbolos cabalísticos e hieróglifos irreconhecíveis.

Mas dizem que há vida após a morte. Será? O "novo" Orkut facilita muito a busca de gente interessante. Tem gente lá que eu nem sabia que usava Orkut, sequer sabia que tinha computador ou mesmo que sabia usar um. Também achei velhos amigos e antigos colegas de trabalho, gente boa e com quem nunca se deve perder contato.

Parentes: é mole? Até parentes meus tem lá! Tem também comunidades sobre mim, a maioria esmagadora para falar mau. E, é claro, a "sirizada" que está quase toda lá! Alunos e ex-alunos miguxos e fofuxas. Esses são os mais importantes, afinal eles dão objetivo à minha vida de prof.

Interface do "novo" Orkut
Interessante que a maioria desconfiou de "fake" quando eu pedi para ser amigo deles. Ficavam pedindo confirmações de que era eu mesmo e quando eu confirmava ficaram rindo e me zoando: "- Hahaha! Fessor no Orkut? Num credito!" :-D

É... Sou eu mesmo, mas não se empolguem! Não vou perder muito tempo por lá. Achei algumas comunidades interessantes onde se discutem assuntos de meu interesse, mas quando vou ler alguns posts dá até tristeza... Além de não saber escrever alguns não sabem nem mesmo passar uma simples ideia. Vi coisas assustadoras do tipo "- a parada funfa ñ com eu. q fazo?" e ainda reclamam porque ninguém responde...

Vamos ver no que vai dar. De vez em quando vou dar um pulo lá para (re)ver a sirizada...

0 comentários neste post

Postar um comentário

Atenção comentarista!
  • Todos os comentários serão rigidamente moderados;
  • Identifique-se! Comentários anônimos não são recomendados;
  • Comentários com três ou mais links serão removidos;
  • Comentários escritos em miguxês ou excesso de gírias serão removidos;
  • Comentários escritos com predominância de maiúsculas serão removidos;
  • Por favor, prove que você é coerente, educado e bem informado: conheça o restante do site, saiba quem somos, sobre o que, para quem e como escrevemos antes de comentar futilidades;
  • Respeite as opiniões dos autores e dos outros comentaristas. Seja breve e sem ofensas;
  • Escreva comentários relevantes e que contribuam de alguma forma para o bem da humanidade;
  • Não seja um inútil social. Lembre-se que o mundo não gira ao seu redor.