2 de julho de 2007

Não agüento mais iPhone

O “marketing viral” em torno do apetrecho virou epidemia e já está dando nojo. Tem site/blog que só “fala” de iPhone desde dias antes do lançamento. Cancelei o feed de um dos que mais gosto porque o todos os posts do “problogger” tem no nome do tal celular.
"O iPhone é o iJesus. O celular-messias que chegou para sacudir a indústria da telefonia móvel e mexer com os brios de fabricantes tradicionais como Nokia e Motorola.", disse um deles!
Tudo bem que é da Apple, tudo bem que é bonitinho, mas o "tudo bem" para por aí. Além da empresa estar entrando no ramo de telefonia agora, ou seja, não tem nenhuma tradição ou experiência no ramo, já entra na contra-mão. Como pode um "treco" tão caro (US$ 499 de 4 GB e US$ 599 de 8 GB). ser tão limitado:
  • É esclusivo de apenas uma operadora;
  • Tem até 8 GB de memória mas não dá para trocar arquivos com o PC;
  • Tem editor de fotos, mas uma câmera limitadíssima de apenas 2 megapixels e sem zoom;
  • A câmera não grava vídeos;
  • Tem multimídia, mas só passa vídeo do Youtube;
  • Tem Internet, mas não tem rede sem fio;
  • É GSM, mas é bloqueado;
  • Tem um tremendo S.O., mas não pode instalar programas;
  • Consome muita energia, mas a bateria não é removível;
  • E por aí vai...
Tem smartphones de marcas mais tradicionais e conhecidas deste mercado que fazem muito mais do que isso e pela metade do preço e que já estão disponíveis no Brasil. Até mesmo os “clones originalmente descarados” do celular da Apple são melhores que o original. Veja o vídeo e me diz se concorda!
Estou tremendamente tentado a nunca ter um smartphone(?) desse, pelo menos não o original, mas não é por causa do aparelho em si mas por causa da paranóia ao redor dele...

0 comentários neste post

Postar um comentário

Atenção comentarista!
  • Todos os comentários serão rigidamente moderados;
  • Identifique-se! Comentários anônimos não são recomendados;
  • Comentários com três ou mais links serão removidos;
  • Comentários escritos em miguxês ou excesso de gírias serão removidos;
  • Comentários escritos com predominância de maiúsculas serão removidos;
  • Por favor, prove que você é coerente, educado e bem informado: conheça o restante do site, saiba quem somos, sobre o que, para quem e como escrevemos antes de comentar futilidades;
  • Respeite as opiniões dos autores e dos outros comentaristas. Seja breve e sem ofensas;
  • Escreva comentários relevantes e que contribuam de alguma forma para o bem da humanidade;
  • Não seja um inútil social. Lembre-se que o mundo não gira ao seu redor.