8 de maio de 2007

Sem dores e sem jeito

Vida de profissional de informática não é moleza como outros profissionais pensam. Todo mundo acha que trabalhar com computadores é a coisa mais light do mundo, mas não é.

Conforme vamos nos profissionalizando e especializando para concorrer no mercado, acabamos por adquirir vícios que, de um lado podem até ajudar na nossa produtividade, mas de outro acaba afetando nossa saúde. Os principais problemas que nos afetam estão relacionados com a postura ao se usar o PC e ao manuseio dos periféricos, principalmente mouse e teclado.

Pessoalmente, sempre fui muito regrado sobre isso. Prefiro cadeiras confortáveis, dispositivos de qualidade e fáceis de manusear. Tanto que em mais de 15 anos de uso de computadores nunca tive grandes problemas, pelo menos até agora. Mesmo me cuidando na frente do PC, a idade pesa e um belo dia, aquela dorzinha estranha começa a parecer.

Ultimamente tenho dedicado bastante tempo a projetos que exigem o uso constante do PC com longas digitações e uso intenso do mouse. Resultado: punho dolorido e articulações enrijecidas. As pausas que eram de 10 minutos a cada 2 horas agora são de 15 minutos a cada hora. “Saúde é mais importante do que produtividade nestes momentos.”

Mas a grande solução veio com a adoção de um periférico pouco usado, e por isso mesmo meio caro: a “trackball” substitui o mouse com vantagens: a primeira delas é o fato de não ser necessário mover a mão para operar o ponteiro na tela. Apenas os dedos são usados para girar uma esfera bem pesada mas suave, o que garante um bom conforto.


Ainda estou me acostumando com o periférico, mas os resultados já começam a aparecer e as dores sumiram com apenas dois dias de uso da trackball. Logicamente, a marca e o formato devem ser adequados, no meu caso é uma Logitech (original) modelo “Mouseless” que é bem grande e pesada, com pés de borracha bem macios, o que dá boa firmeza e com uma esfera bem pesada, mas de movimentos suaves, o que garante bons exercícios com os dedos e uma excelente precisão nos movimentos.


O próximo passo é investir em um teclado mais ergonômico, é só deixar juntar mais uns pontinhos no meu “programa de relacionamentos”…

0 comentários neste post

Postar um comentário

Atenção comentarista!
  • Todos os comentários serão rigidamente moderados;
  • Identifique-se! Comentários anônimos não são recomendados;
  • Comentários com três ou mais links serão removidos;
  • Comentários escritos em miguxês ou excesso de gírias serão removidos;
  • Comentários escritos com predominância de maiúsculas serão removidos;
  • Por favor, prove que você é coerente, educado e bem informado: conheça o restante do site, saiba quem somos, sobre o que, para quem e como escrevemos antes de comentar futilidades;
  • Respeite as opiniões dos autores e dos outros comentaristas. Seja breve e sem ofensas;
  • Escreva comentários relevantes e que contribuam de alguma forma para o bem da humanidade;
  • Não seja um inútil social. Lembre-se que o mundo não gira ao seu redor.